quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Esperiência não é Maturidade!

As pessoas mais velhas, podemos nomear de ( pessoas de idade acumulada), para não sermos tão desigual assim, com os idosos, em sentir que somos novos de mais. Mas tem sempre um dilema, entre (Experiência é sim Maturidade), e digo a vocês, quem disse? Prova? Como? E realmente podemos observar o contrário, pois as pessoas que falam que Experiência não é Maturidade, ela mesmo cai em contradição, pois ela não consegue provar e se realmente Maturidade está dentro da Experiência, e como essa pessoa não consegue explicar, eis aí o dilema.

Podemos relatar umas das coisas mais importantes que os Senhores e Senhoras de boa idade acumulada, podem dizer, para jovens, histórias de suas vidas, e em dizer - Está vendo, vivi bastante e sofri demais! Mas logo podemos pensar em seguida, independente de atos ou acontecimentos que tenha passado, não somos obrigado a interpretar e colocar como nossa vida em diante em se não tiver esses fatos então não seremos Senhores e jovens amadurecidos! Realmente não temos obrigações d viver relatos de pessoas que tiveram vidas bem fortes para adquirirem experiência em uma maturidade.

Temos a grande finalidade em dizer que Experiência nunca foi Maturidade, mesmo muitas pessoas que se afirma que são. Porém pessoas que das quais afirmam o contrario é natural, pois vivem em um estado que a idade favorece, caso essas pessoas não pensassem assim, estariam se contradizendo elas mesmo. Não somos obrigados a passar por muitas coisas que das quais, pessoas dizem que amadureceu por isso, o máximo que temos que fazer é lamentar ou entender e interpretar a cena com serenidade, para que a pessoas que na se ouve não se ofenda. Porém cada um tem um estado de vida, que tem por finalidade em ser maduro com idades pequenas.

Caros leitores o meu objetivo em aqui escrever, é de extrema importância para meditar e pensar de outra maneira, portanto não tenho como objetivo em convencê-los de tais ideias acima.

Autor: Aron Laubstein Moreira

Um comentário:

alan disse...

Aparentemente não há uma maneira eficaz de se provar como as experiências que temos nos torna mais maduros. A pessoa pode ter várias experiências e mesmo assim continuar agindo como uma pessoa amadora, que não desconfia dos perigos e desafios da vida!